quinta-feira, 12 de junho de 2014

NOSSA HOMENAGEM AO CASAL PELO DIA DOS NAMORADOS " AMOR DE INTERNET "




UM AMOR QUE DEU CERTO

Vida:

Homem: um alma que vaga na internet. Trabalha a favor da humanidade, um cara de bom coração, mas que desistiu de si mesmo e da vida.

Mulher: uma mulher que tem vários objetivos, uma menina inteligente, que ama a natureza, ama a leitura e escrita, e alem disso gosta de interagir na internet.

Ele começou a se dedicar a este mesmo jogo pela falta de uma placa 3D para seus jogos off-line.

Ela com tempo livre começou a jogar esse jogo, teve algumas inimizades, mas amigos também.

Ele: Max Almeida

Ela: Aline C. Duarte


Visão Aline Carpes Duarte

História:

Na primeira vez que nos falamos ele já me surpreendeu, pois sabia as minhas qualidades, conhecia todos os meus passos dentro do jogo. E desde então eu passava uma parte do meu tempo olhando sua foto, torcendo que ele ficasse online para então falarmos.
Meu coração parava quando resolvia ver quem esta online e lá estava ele, quieto, com status ausente ou jogando, lutando para não ser percebido.
Nossas conversas eram breves, sempre, mas sempre deixou um gostinho de "quero mais".
Então ele me pergunta se tenho mais redes sociais, eu as passo e me adiciona, então começamos a conversar nelas também, e até então nos conhecer mais, tentando criar um vinculo com ele.
Desde então fomos descobrindo quão somos parecidos, em pensamentos, em maluquices, qualidades, defeitos, sim ate nos defeitos!
E então descobrindo também um sentimento adormecido em meu coração, pois sim todos temos o amor em nossa essência, em nossa alma, em nosso coração, só precisamos encontrar a pessoa perfeita para si que seja capaz de despertar este sentimento tão bonito, adormecido no mais intimo de nossos seres.
O tempo passa, e vamos nos conhecendo, pergunta vai, resposta vem, houve dias que achei que estava respondendo algum questionário!
No começo estava mais intimo, apenas entre nós, e com o tempo fomos nos declarando oficialmente em nossos blogs, redes sociais e ate no chat do jogo!
*-*
A vida parece ser tão dura com as pessoas, mas em um momento dela, você conhece pessoas que te faz ter outra visão de vida, mais limpa, e assim desiste de seus planos errados. Então você pensa "que bom que tudo isso aconteceu, pois senão tivesse acontecido, jamais teria conhecido essa pessoa."
*-*
No dia 07/07/2013 nós começamos uma relação, não virtual, porque a mesma ultrapassa as fronteiras da internet, na verdade ultrapassa todas as barreiras existentes, e as que irão surgir também, pois descobrimos no outro a pessoa perfeita para despertar o sentimento adormecido em nosso ser, nossa essência, o Amor Puro e Verdadeiro.
O amor não tem ser explicado, já que é um sentimento!
Apenas sentido pelos enamorados!

Não vou dizer que não houve desentendimentos, surpresas, ciúmes, mas estamos em um relacionamento como qualquer outro, a diferença é que nosso amor é maior do que nossas dificuldades e faremos até o impossível para ter um 'final feliz'.
Assim provar para nós mesmos que esse amor existe e cresce cada dia mais e mais!


Porque te amo

As vezes nos acontecem cada situação que eu penso "o que mais pode me acontecer?" É um pensamento negativo mas ai você lembra que eu sou muito positiva, então já imagina o quanto esta feio o negócio para mim.
Mas então ouço sua voz, uma doce melodia para meus ouvidos, tudo volta a ter cor, sabor e vida aos meus olhos que estavam vendo em preto e branco.
Uma doce melodia, que me acalma, me serena, me acorda para a vida novamente, me enche de amor e esperança de que tudo vai mudar, para melhor.
E é por isso que eu te amo tanto, voccê simplesmente me completa, me faz ver o que nem eu vejo, quem dirá os outros!
Você me ajuda a ver os melhores caminhos a seguir, a trilhar e não diz "siga em frente" mas sim "vou com vc ate o fim do mundo"
Porque te amo?
Por que  você é o homem da minha vida o qual amo e amarei ate alem do fim  de nossas vidas!
Simplesmente te amo João  Maximiliano de Almeida!!!
Ass.:Aline C. Duarte
Pense. Repense. Quantas vezes forem necessárias.
15/10/2013
Aline Carpes Duarte


*--*
Visão João Maximiliano de Almeida

História:

Há séculos eu me joguei de cabeça em aprender cada vez mais, assim me trancando em meu quarto e amanhecendo em fóruns de conteúdo hacker, warez, maker. Assim deixando de lado em meu mundo o tempo "parar" não dando mais chances e nem querendo mais olhar pela janela e ver as oportunidades que se escancaravam a minha frente.

Fechado em meu quarto, em meu mundo, 
eu e mais ninguém, 
sem tempo para amar e nem para o amor.

Por anos e mais anos assim era eu.

Cansado da realidade cruel 
que me fazia mais e mais querer ficar em meu cantosozinho.

Foi trancado em meu mundo, não querendo perceber o tempo que descobri através de um jogo on, o verdadeiro significado do amor, algo piegas vocês acharão, mas após quase 8 anos de nerdice, em uma madrugada la estava ela, nem eu mesmo acreditei, ou tentei não acreditar, massim ela existe, e como um belo anjo se aproximou de mim e fez este velho e enferrujado coração bater novamente.


Mas minha alma cansada e assustada, 
ainda sem saber como se apresentar,
e em um ato de defesa fez o que sempre faço.

A fiz sorrir do meu jeito de ser, do meu jeito de falar e de me expressar.

Contei meus segredos, minhas fraquezas, 
me entreguei de corpo e alma a esta mulher 
que mesmo sabendo e vendo, não desistiu de mim 


Como descrever ! Um pouco sobre mim (Max Almeida)

Eu nem sei por onde começar, mais vou falar a vocês um pouco sobre minha pessoa, de forma resumida já que minha historia conta com mais de 10 anos de existência !

Bom, em 1998, quando conheci o que era internet, comecei a me interessar pelo lado hacker, foi algo que me chamou atenção e comecei a me dedicar. Desde então me especializei em hackerismo e em algumas áreas, como criação de jogos em 2D RPGMAKER, enfim neste tempo me dediquei totalmente a aprender e a ensinar, nesta longa jornada eu simplesmente  tive alguns relacionamentos tanto virtuais como reais, mas nenhum deles mesmo fingindo que me fazia tão feliz e tão completo.

Mesmo com minhas habilidades em Engenharia Social e sendo convocado por um dos maiores Engenheiros sociais para trabalhar com ele (Slordead), ou mesmo moderando o 3º maior fórum de RPGMAKER do mundo mesmo assim, mesmo me relacionando seja virtual ou real, eu não conseguia amar a ninguém, na realidade minhas frases e meus gestos era só uma forma de não magoar aquela que me amava.

O tempo passou e quando digo passou, quero dizer anos longos anos onde me escondi atrás de diversas mascaras, nunca revelando meu verdadeiro eu, e das vezes que eu fiz isso eu acabei sendo magoado, algumas vezes pelas pessoas que eu amei, em outras meus defeitos falaram mais alto e por isso os relacionamentos acabaram.

Eu não acreditava mais no amor, a este ponto achava que amar uma mulher era apenas a ter como destaque como algo que mais valia que meus amigos olhassem e tivessem inveja por ela ser gostosa, ou seja por meus traumas era assim que eu via as mulheres que me amaram: como objetos de tentação e de luxuria!.

Então, após muitos relacionamentos e não amando a nenhuma mulher e só as usando como objeto de luxuria para aqueles que me vissem com ela, ou me perguntassem, acabei por perder o interesse nesta brincadeira.

Meu coração já estava petrificado por completo, então resolvi me dedicar ao que eu me importava e assim deixar de lado este tal de amor que tanto me machucou e me fez magoar a quem esteve a meu lado!

O tempo passou e nada me faria voltar a amar, claro, a não ser meus pais, fora este amor materno e paterno, um amor real, carnal a qual um homem se entrega a uma mulher, bom este amor ate então não existia mais!

Neste tempo preferia morrer do que amar.

Anos se passaram e muitas coisas aconteceram, mais algo simplesmente fez meu coração duro, e impenetrável simplesmente voltar a bater. Eu não esperava e nem desejava isso, mas aconteceu, então eu aprendi algo que muitos jamais iram experimentar.

O amor verdadeiro!

Sabe como identificar o mesmo?
Ele me assustou mais logo me fez enxergar algo que nunca observei.

O Amor quando puro e verdadeiro ele não se baseia em apenas avaliar as compatibilidades  e sim também as incompatibilidades.

Não basta ver e comparar as qualidades mas amar também os defeitos, e de uma forma estranha perceber que tanto qualidade como defeitos, eles se interligam de uma forma que faz com que duas pessoas se amem de uma forma que deixa qualquer um maluco!

Sabe o que é planejar perguntar algo e antes disso a pessoa já te responder ?
Sabe o que é no meio do dia pensar na pessoa que você ama e de repente a mesma se manifestar de alguma forma ?
Sabe o que é pensar em algo e a pessoa que te ama completar a mesma sem você ter dito nada ?
Sabe o que é ter seu amor se entregar de corpo e alma arriscando tudo que tem por você ?
Sabe o que é uma pessoa que te ama largar um futuro certo por uma "aventura" apenas por acreditar no amor e não se importar com o resto ?

Eu sou do Rio Grande do Sul  e a menina que é dona de meu coração, Aline Carpes Duarte, mora em Santa Catarina, mesmo com  esta distancia, e mesmo com as barreiras que por enquanto nos impendem de nos ver, nosso amor atravessa barreiras, este amor que eu não acreditava existe, e sabe de uma coisa?
Não a nada mais belo do que aceitar as pessoas como elas são.

Uma menina me mostrou e me provou o que era o verdadeiro amor! Esta menina chamada Aline C. Duarte (Aline Carpes Duarte)  conseguiu me conquistar por nossas historias serem parecidas, por nossas qualidades serem parecidas, por nossos defeitos se completarem, por nossos desejos e opiniões se interligarem ou se afastarem, enfim o amor existe sim, e sim existe alma gêmea, a metade da laranja, a parte que me faltava, apenas uma menina, uma mulher pode me completar, e esta menina, guria, mulher é você 
Aline Carpes Duarte !!

Sim entrego meu coração, minha alma, minha vida a você minha menina !!!
Te amo com todas as forças de meu coração!! E de minha alma !

Eu João Maximiliano de Almeida te amo Aline Carpes Duarte ate mesmo apos nos morrermos ainda assim te amarei,ontem,hoje,amanha e para toda a eternidade !



Um comentário:

  1. owwwnnnn com tantas coisas eu ja havia esquecido hihihi *-*

    ResponderExcluir