terça-feira, 7 de maio de 2013

CASAR É UMA APOSTA QUE VALE A PENA?

O casamento. A boda. O matrimônio. O que essas palavras evocam são imagens tocantes e cenas de festa. Uma noiva sorrindo à beira de um lago, radiante em seu vestido branco de cetim que, embora ela não saiba, foi usado pela primeira vez pela rainha Vitória, da Inglaterra, em seu casamento com o príncipe Albert, em 1840. De lá para cá, as noivas no Ocidente vestem branco. E são rainhas por um dia.
Mas o casamento, a boda, o matrimônio – e mesmo a forma laica e informal de compromisso, a coabitação –, não se resume a uma festa. Depois da noite de núpcias, começa, para todos os casais, aquilo que o psiquiatra Alfredo Simonetti, ligado ao Hospital das Clínicas de São Paulo, descreve como “o sofrimento de viver a dois”: uma luta diária contra a natureza humana, que, ao mesmo tempo que atrai as pessoas para a vida conjugal, faz com que elas, rapidamente, se desapontem com as dificuldades do cotidiano a dois.
As estatísticas brasileiras são eloquentes a respeito tanto do fascínio quanto das agruras do casamento.



Cerca de 1 milhão de pessoas se casam todos os anos no Brasil – e pouco mais de 250 mil se separam no mesmo período. Logo, de cada quatro casamentos, um termina em separação. Embora a estatística seja adversa, o risco não é suficiente para fazer as pessoas deixar de casar. Os números do IBGE mostram que a quantidade de uniões por 100 mil brasileiros aumenta um bocadinho a cada ano. Entre 1998 e 2008, o número de casamentos cresceu 34,8%, superando em 13 pontos porcentuais o crescimento vegetativo da população nessa faixa etária. Os divórcios e as separações, no mesmo período de dez anos, cresceram menos, 33%. A diferença é pouca, mínima na verdade, mas sugere que o sonho de casar está mais em alta que a vontade de se separar.
Vai um casamento aí?!!


video

2 comentários:

  1. Anônimo5/09/2013

    A DICA CERTA MESMO PARA AS MULHERES...... NO CASAMENTO EH: SEJA PUTA NA CAMA. so isso. SERIO ...MULHERES CASADA, NADA DE SEREM SANTINHAS SE QUEREM AMARRAR SEUS MARIDOS, SOU CASADA, E AGORA JA VEJO..E SEI COMPROVADO, QUE MULHER SANTINHA NA CAMA, O MARIDO ARRUMA OUTRA, SEJA A MAIOR PUTA, FAÇA O QUE PUDER, EO QUE ELE NAO IMAGINA...QUE COMPROVE.
    Carolaine
    Porto Alegre, Rio Grande do Sul

    ResponderExcluir
  2. Anônimo5/09/2013

    EU e MINHA ESPOSA desenvolvemos um banco de dados com rituais diários durante meus 19 anos de casamento. Toda manhã nós repetimos juras de amor um para o outro, preparamos encontros românticos regulares e, antes de eu sair, minha adorada ESPOSA deixa um post-it para MIM (''Olá, amor! Tenha um ótimo dia!'') colado na tampa da privada. "Todo casamento tem o que eu chamo de reservatório, a energia emocional armazenada da relação''. Embora esses hábitos diários sejam todos muito simples, eles ajudam a encher o reservatório. Quando o relacionamento estiver sob stress, vocês terão exatamente o que precisam para superar QUALQUER PROBLEMA.'' Fica aqui a dica e saiba que aprendi com ela esses mesmos rituais, e ela sempre fica feliz e enche cada vez mais de seu amor e reciprocidade.
    ROGER
    Curitiba, Parana

    ResponderExcluir

ARQUIVO DO BLOG